07 março 2016

Mais uma tatuagem pra conta, yay!

Há um ano atrás eu fiz as minhas primeiras tatuagens e depois daquele dia eu não consegui mais deixar de pensar em quando eu faria a próxima. Até que demorou para eu fazer se pensarmos que já se passou 1 ano, mas o tempo passou tão rápido que oh, nem senti! Assim como na primeira vez, me deu alok e resolvi tatuar bem de repente. A vontade bateu, liguei para o estúdio e marcada a sessão para 5 dias depois haha Agora conto como foi, o motivo da escolha dessa tatuagem e algumas reflexões sobre essa coisa de se arrepender de algo marcado na pele "pra sempre".

Eu estou torta, não a tatuagem hehe


"She believed she could, so she did."
Ela acreditava que podia, então ela fez. 

Carrego essa frase comigo há um tempo pois sempre significou muito pra mim. Mas os últimos meses têm sido incríveis com conquistas e muito esforço e, mesmo ouvindo muitos dizerem que não, eu acreditava que podia, então eu fiz. E não há frase que defina melhor esse meu momento!  ♥ 

Eu sempre tive uma determinação dentro de mim (ainda que eu desista fácil de algumas coisas) que me faz ir atrás de tudo o que quero. Tenho sorte de conseguir não dar ouvidos aos que dizem que não dará certo ou que estou sonhando alto demais. Eu não tenho culpa se eles que sonham pequeno :P E a única coisa que posso fazer para mudar isso é mostrar que deu certo e que eu consegui! Eu sei que não preciso provar nada para ninguém, mas não ignoro meu ego quando se trata de coisas que me colocaram à prova #challengeaccepted.

Doeu? Sim, dessa vez doeu um cadinho. Acho que não tem como não doer na costela. O tatuador mesmo me perguntou se eu estava preparada! Eu toda pompa "tôoooooooo" mas foi só ele começar a primeira letra que eu já perguntei se faltava muito pra acabar :P
Quanto custou? Tatuagens até 10cm custam R$ 100 no meu tatuador :)
Com quem fez? Fiz com o Keller Tattoo que, acreditem, não tem nenhuma tatuagem nele mesmo o.O
Quanto tempo levou? Exatos 10 minutos (mas pareceram horas com a dor).
Quais os cuidados pós-tatuagem? Então, me foi recomendado não comer frutos do mar, chocolate, açaí e etc, então fiquei cerca de 1 semana evitando. Nas duas primeiras tatuagens eu usei filme plástico e bepantol. Dessa vez não usei nenhum dos dois e por enquanto está de boa hehe No banho eu passo espuma do sabonete, lavo com água e passo toalha de leve em cima para secar. Se você for sair ao sol com sua tatuagem, não se esqueça do protetor solar :)
Como é a cicatrização? Quando você faz a tatuagem, sua pele fica inchada. Alguns dias depois (cerca de 3 ou 4), a tatuagem começa a coçar, mas não coce. Depois ela forma casquinhas até elas soltarem sozinhas e a tatuagem ficar 100% cicatrizada :) Estou na fase em que elas estão caindo.

Arrependimento. Muitas pessoas ficam presas ao medo de se arrependerem de uma tatuagem porque é algo que marca a pele. Antes de fazer as minhas eu refleti sobre algumas coisas, como por exemplo, no significado que elas têm para mim hoje e no  que elas terão pra mim daqui alguns anos. A minha sugestão é tatuar aquilo que tenha a ver com a pessoa que você é e que independente de quanto tempo passe ou do quanto você mude com o tempo, você tem que olhar para a tatuagem e se sentir bem com aquilo que significa/representa. O meu avião, por exemplo, representa o meu amor por viagens e desconhecido. E quanto mais o tempo passa, mais eu vejo que diz muito sobre mim. O coração representa o amor em sua forma mais simples (e apesar de precisar de uma reforma porque saiu mal feita, não me arrependo). E, agora, essa frase que diz tanto sobre mim e que não importa quanto tempo passe. sempre me trará boas sensações. E é isso que importa: te trazer boas recordações mesmo que não tenha mais a ver com você, porque um dia já teve, já representou algo sobre você, sua vida e história. 

Espero que tenham gostado da minha tatuagem nova ♥ Alguém aí tem tatuagem? Como foi o processo? Doeu, cicatrizou bem? E para quem não tem: sente vontade de fazer? 

12 fevereiro 2016

Acampando em Sana + mini-guia para acampar

Daí que ano passado eu conheci o Sana. Para quem não sabe, é um vilarejo na cidade de Macaé, aqui pertinho de Cabo Frio. Todo mundo falava de Sana até que resolvi conhecer o local com meu boy. Fomos, achei legalzinho até, mas não voltaria tão cedo! Acontece que de lá pra cá foram 3 idas e por mim eu teria uma casinha por lá. Isso porque eu não voltaria tão cedo, hein...

Das 3 vezes que fomos, acampamos 2 vezes. A primeira vez foi a prova de fogo porque rolou um dilúvio que pareceu treinamento para a Arca de Noé. Não sou expert no assunto camping, mas com as experiências que eu tive eu vim deixar um mini-guia para acampar pela primeira vez, seja em Sana ou qualquer outro lugar.

Lojinhas improvisadas no caminho das cachoeiras ♥
À procura da barraca perfeita
A primeira dúvida foi sobre a barraca. Éramos iniciantes, não conhecíamos ninguém que praticava o camping então eramos nós e o Google. Compramos a nossa barraca. É o modelo Luna da Mor para 5 pessoas e na época pagamos R$ 195. Levamos em consideração alguns critérios importantíssimos que vai quebrar o galho de vocês na hora de escolher a barraca ideal:

Barraca espaçosa: somos eu e meu namorado e compramos uma barraca para 5 pessoas pois a diferença de preço era bem pouca. Achamos que ficaria espaço demais, mas no final das contas percebemos que sem querer compramos no tamanho perfeito. Coube nosso colchão de casal inflável, sobrou espaço para mochilas, bolsas, lanches e ainda daria pra colocar mais uma pessoa. Mas inviável colocar 5 pessoas ali dentro! Ficaria muito apertado e viver numa barraca já é desconfortável por si só. Então a dica é:  compre uma barraca com um número a mais de pessoas. Se você vai em 3 pessoas, compre uma barraca para 4. Se vai em casal, compre uma barraca para 3. Se puder pagar alguns reais mais caro, compre uma barraca grande como a minha. Espaço é tudo!

 Lona: É bom que a barraca tenha uma proteção em cima (como se fosse lona). Sozinha ela não protege suficiente contra uma chuva forte, mas quebra um galhão nas chuvas mais tranquilas. A minha barraca é essa e ela vem com essa lona.

 Janela: Aconselho que comprem uma barraca com janela (e mosquiteiro!) para ventilação. Barracas retêm a temperatura do ambiente muito rápido então se estiver muito calor lá fora, ela ficará bem quente dentro.

Outra lojinha no caminho das cachoeiras ♥
 Escolhendo o Camping

Na hora de escolher o camping você deve levar em consideração bastante coisa, então atente-se à esse tópico. Tivemos experiências boas e ruins e isso nos ajudou a identificar as prioridades na hora de escolher o local para acampar.

 Cozinha: Pra mim é um dos pontos mais importantes, já que eu preparo minhas refeições quando vou acampar. Certifique-se de que a cozinha do camping ofereça geladeira, fogão, pia para limpeza, mesa, panelas e utensílios em geral. Parece meio óbvio, mas acreditem; não são todos os campings que fornecem uma cozinha decente. Ah: leve sempre uma panela e talheres! Campings geralmente enchem e é muita gente usando tudo.

 Banheiro: É importante que o camping tenha um bom número de banheiros. Ao menos 5 femininos e 3 masculinos. Verifique se há água quente, quantos banheiros para banho o camping possui e se os mesmos têm o teto coberto.

 Espaço: É bom escolher um camping com uma boa área pra não ficar um monte de barraca colada uma na outra. Parece óbvio mas muita gente esquece de notar isso.

22 mil m² de camping + nossa barraca atrás do carro com lona de proteção
Checklist para acampamento

 Barraca
- Toldo para proteção contra sol/chuva
- Toldo para ficar por baixo da barraca

 Cama
- Lençol extra
- Travesseiros
- Colchão inflável, colchonete ou saco de dormir

 Importantes
- Sacolas plásticas
- Fósforo/isqueiro
- Panelas
- Talheres e copos descartáveis
- Corda fina (para varal ou prender lona)
- Canivete (1001 utilidades)
- Lanterna/Luz de emergência
- Extensão para tomada
- Benjamim
- Papel Higiênico
- Sabonete, shampoo e condicionador
- Repelente
- Protetor solar
- Capa de chuva/guarda-chuva
- Remédios

Loja AlmaZen ♥

Acampar é uma experiência bem bacana, porém cansativa. Montar a barraca pra mim é a pior parte. Não demora muito, mas é um processo que requer a paciência e organização que eu não tenho mesmooo! Sempre tenho momentos legais com a galera do camping. Um ajuda o outro porque sempre tem um que tá acampando pela primeira vez e precisa de um help. Não tenha vergonha de pedir ajuda - nem de pedir sal ou óleo de cozinha emprestados peço muito.


O Repelente é muito importante porque campings geralmente são no meio do mato então o que mais tem é mosquito, aranha e insetos em geral. Tomem cuidado, viu? Achei essa foto minha na câmera e eu estava olhando um calombo com sangue "preso" no meu joelho e não fazia ideia do que era. Fiquei até preocupada mas parece não ter sido nada demais. Mas o alerta permanece: nesse último camping tinha muita aranha e sapo. Então cuidado redobrado :)


Pra finalizar, essa foto que me traz muita paz. Sana é rodeado por cachoeiras e em todos os campings praticamente tem o rio passando. Gosto de sentar e escutar o som das águas correndo. Se alguém tiver a oportunidade de ir ao Sana, não perca! É um local lindo, tranquilo, com ruas lindas, cheias de artesanato e gente de todos os cantos e tribos ♥

Eu fiquei em 2 campings e deixarei informações sobre. O camping da foto é o último que fui, se chama Camping da Praça e eu não recomendo porque a cozinha não era bem equipada (não tem geladeira e tivemos que nos virar com gelo e bolsa térmica) e os banheiros são péssimos. O camping que fomos nas 2 outras vezes é o Sana Camping e esse é o melhor! Cozinha completa e banheiros ótimos, por isso deixarei apenas informações do Sana Camping para vocês terem uma ótima experiência :)
 SANA CAMPING:  Diária para camping a partir de R$ 20/pessoa. Tem trailers também!  Telefone: 022 2793-2545 | www.sanacamping.com/
 Alguém aí já acampou ou tem vontade de acampar? Me contem suas experiências e desejos e vamos bater um papo! Beijão :*
© Keep Camy
Maira Gall